Vantagens do Aleitamento Materno

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O aleitamento materno é um ato de amor

O aleitamento materno é um ato de amor, amamentar seu bebê desde o nascimento é sem dúvida uma receita para começar bem a vida.

O leite materno é sem dúvida o melhor alimento para o bebê, pois protege e previne de inúmeras doenças. Além disso, receber leite materno é um direito de toda a criança. Também já foi comprovado cientificamente que o aleitamento materno deve ser único e exclusivo até os seis meses de vida. Depois do sexto mês o bebê pode começar a receber o leite materno em conjunto com outros alimentos selecionados até os dois anos ou mais de idade, este preocesso traz resultados fantásticos para a saúde da mãe e do bebê.

Decida pelo aleitamento materno

Mães, vocês vão precisar de muita dedicação, paciência e persistência, na fase da amamentação. É sempre bom lembrar que a escolha é sua, cabe a mãe decidir. As coisas ficam mais fáceis se a mãe tiver o apoio do companheiro, dos familiares e da comunidade, podendo decidir a respeito da amamentação mais facilmente e de modo passivo. Pois sabemos que para uma mãe não é fácil amamentar seu filho recém-nascido de um modo exclusivo por seis meses sem precisar se preocupar em voltar para o trabalho, sem ter alguém para ajudar nas tarefas da casa, ou mesmo no cuidado com os outros filhos, quando for o caso. Por isso, o apoio à mãe na amamentação faz toda diferença.

Leite materno – Alimento Completo

O leite materno é um alimento completo por vários motivos: ele ajuda na imunidade, previne infecções respiratórias, ajuda na constituição da face e na respiração. Também ajuda a preparar o intestino e na prevenção da obesidade. Além disso, o leite materno é de fácil digestão para o bebê. É responsável por promover um melhor crescimento e desenvolvimento, além de proteger contra as doenças. Mesmo em ambientes quentes ou secos, o leite materno supre todas as necessidades de liquido de um bebê.

Mesmo no calor o bebê que mama só no peito não precisa beber água

O bebê que tem exclusividade no aleitamento materno não vai precisar de água nem mesmo em dias com temperaturas elevadas. O que as mães precisam fazer segundo os pediatras é aumentar a oferta, ou seja, amamentar o filho em livre demanda – sempre que o bebê quiser.

Os pediatras explicam que nesses dias de calor a tendência e que as mamadas sejam mais curtas, porém mais frequentes. A explicação dos pediatras e de que o leite que sai no início de cada mamada tem muita água. O leite materno é muito mais hidratado e menos gordo do que o leite de formula. E vale ressaltar que a introdução de água para os bebês que mamam exclusivamente leite materno só deve ser feita após os seis meses de vida e junto com a introdução alimentar.

Para as mamães que precisam retornar ao trabalho e optarem em deixar o leite materno para os filhos na creche ou mesmo com a babá podem orientar a não oferecer água ao bebê pois eles não precisam. O ideal é deixar pequenas quantidades armazenadas para oferecer ao bebê durante o dia na ausência da mãe. Os pediatras orientam que os bebês que tomam leite de formula devem receber água em pequenas quantidades nesses dias mais quentes.

Os bebês que já tem mais de seis meses de vida e que já começaram a comer papinhas salgadas devem tomar ao longo  do dia água e frutas, principalmente, melancia e melão por serem frutas bastante aguadas. Não se deve esperar que seu filho beba muita água de uma vez. Criança bebe golinhos e é por isso que deve ser oferecido toda hora, mesmo para as maiorzinhas. E no calor forte é normal a criança querer comer menos.

Suco, dar ou não dar ?

Os pediatras orientam a não dar sucos para os bebês. Segundo eles ao oferecer suco para a criança ela tende a recuar a tomar água futuramente. O mais importante é a criança se acostumar a tomar água desde bem cedo.

Fatos

Você sabia que os dentistas costumam dizer que os movimentos que as crianças fazem quando mamam ajudam na constituição da face e fazem a criança respirar melhor.

Quando a criança é amamentada, ela não está sendo só alimentada. Está também fazendo um exercício físico importante para desenvolver a sua musculatura bucal. Isso vai ajudar o bebê a mamar de uma forma correta.

Sobre a parte psicológica do aleitamento, ele fortalece os laços afetivos entre a mãe e o filho ?

O ato de amamentar aumenta esses laços afetivos. O envolvimento do pai e de familiares também favorece esses laços afetivos e o prologamento da alimentação. Mas, para que isso aconteça, esta relação bonita entre a mãe e o bebê, é preciso ter um ambiente tranquilo. É preciso que a mãe esteja tranquila, que ela converse com o bebê, cante, reze e sorria. É necessário também ter tempo para a amamentação.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *